Safra de cana em maio tem ATR mais baixo devido às chuvas



Os números de maio do boletim de Olho na Safra, elaborado pelo Centro de Tecnologia Canavieira (CTC), indicam ATR (Açúcar Total Recuperável) de 123 kg/t de cana na região Centro-Sul, mais baixo do que o da safra anterior (130 kg/ t de cana em 2021/2022). A queda é reflexo dos maiores volumes de chuvas observados neste início de temporada, segundo os técnicos do CTC.

Já a produtividade dos canaviais verificada em maio de 2022, de 76 toneladas de cana por hectare, está bem próxima da observada em 2021/2022, de 77 toneladas por hectare.

Mais uma vez o destaque negativo tanto em produtividade quanto em ATR é do Mato Grosso do Sul, onde houve redução de rendimento devido principalmente ao efeito da geada e da seca na safra 2021/2022. Os elevados volumes de chuva em abril e maio contribuíram para o baixo ATR no estado.

O destaque positivo é para a região de Goiás, onde a seca na safra passada causou menor impacto aos canaviais, quando comparado às demais regiões do centro-sul.

FONTE: noticiasagricolas