top of page

Moagem acumulada de cana no Centro-Sul em 22/23 cresce 3,8%

A moagem de cana-de-açúcar na primeira quinzena de fevereiro na região Centro-Sul atingiu 73,18 mil toneladas

A moagem de cana-de-açúcar no Centro-Sul do Brasil totalizou 542,47 milhões de toneladas no acumulado da safra 2022/23, de abril de 2022 à primeira quinzena de fevereiro de 2023, em comparação com 522,62 milhões de toneladas registradas em igual período da temporada 2021/22.

O desempenho corresponde a um avanço de 3,8% entre os dois períodos, informou a União da Indústria de Cana-de-Açúcar e Bioenergia (Unica), em levantamento divulgado nesta segunda-feira, 27.

No acumulado desde o início da safra 2022/2023, a fabricação de açúcar pelas usinas totaliza 33,50 milhões de toneladas, em comparação com 32,06 milhões de toneladas do ciclo anterior, representando alta de 4,5%.

Em contrapartida, a qualidade da matéria-prima colhida no acumulado da safra, mensurada em quilos de ATR por tonelada de cana-de-açúcar processada, registra queda de 1,29% na comparação anual, com o indicador marcando 141,15 kg de ATR por tonelada.

O mix alcooleiro do acumulado do atual ano-safra é de 54,08%, queda ante 2021/22, quando registrava 54,97%.

A fabricação de álcool no período atingiu 28,09 bilhões de litros (+3,61%), dos quais 16,12 bilhões de etanol hidratado (-0,56%) e 11,98 bilhões de anidro (+9,81%), em relação ao acumulado da safra 2021/22.

Do total de biocombustível fabricado desde o início da safra, a produção de etanol de milho atingiu 3,84 bilhões de litros, avanço de 26,35% na comparação com igual período do ano passado.

Fonte:canalrural

bottom of page