top of page

Cana-de-açúcar: moagem em Minas Gerais bate recorde

Processamento no estado somou 39,9 milhões de toneladas neste ano, aumento de 9% em comparação ao mesmo período da safra anterior



O processamento de cana-de-açúcar em Minas Gerais somou 39,9 milhões de toneladas neste ano, até 1º de agosto, de acordo com a Associação das Indústrias Sucroenergéticas do estado (Siamig).

O volume representa um aumento de 9% em comparação ao mesmo período da safra anterior.

Durante a última quinzena, foi registrada uma moagem de 6,53 milhões de toneladas, ultrapassando pela primeira vez a marca dos 6 milhões. A marca representa um crescimento de 9,4% em relação à mesma fase da safra passada.

“Estamos presenciando um feito extraordinário para o setor. Essa maior moagem quinzenal não apenas ilustra a dedicação dos produtores, mas também ressalta a resiliência e a capacidade de inovação da nossa indústria”, diz o presidente da Siamig, Mário Campos.

Foram produzidas 2,61 milhões de toneladas de açúcar, um aumento de 12,6% em comparação ao mesmo período do ano passado. Durante a quinzena em questão, a produção de açúcar atingiu a marca de 478 mil toneladas, um aumento de 13% em relação à safra anterior.


Etanol


O etanol também desempenhou um papel crucial nos resultados positivos. Com uma fabricação total de 1,54 bilhão de litros, houve um aumento de 4% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O etanol hidratado alcançou 903 mil m³, enquanto o etanol anidro atingiu 637 mil m³. Houve redução de 1% no volume do hidratado e aumento de 13,5% no de anidro, em comparação ao mesmo período da safra anterior.

O açúcar representou 51% do mix de produção, aumento de 2 pontos percentuais No mix de produção, houve aumento de 2 pontos percentuais em relação à safra anterior. Segundo a Siamig, essa alteração sinaliza uma estratégia de adaptação às demandas do mercado e às variações de preços dos produtos.

Fonte:CanalRural

bottom of page